Seu voto pode desempatar!

Déia Dias criou o Pick Nova lei assegura proteção direitos de autistas.  e quer a sua opinião.

Nova lei assegura proteção direitos de autistas.

Que legal.

Que legal.

Sou indiferente a isto.

Sou indiferente a isto.

Quero saber mais.

Quero saber mais.

Vou comentar.

Vou comentar.

Pick aleatório
  • Gostou?

  • +6
Novato
Isis Martins

Isis Martins disse

0
Que legal. Vi na TV ...gostei de saber...e muito bom , vc Déia, ter transformado em pick

em 20 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Novato
Diego Lima

Diego Lima disse

+1
Quero saber mais. todos temos direitos, só devemos saber quais são eles e como lutar por eles...

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Novato
oscar alberto
+1
Que legal. O melhor que eu fiz legisladores. FELIZ FINDE AMIGA ! ! !

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
fractus

fractus disse

+1
Quero saber mais. Que legal!

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
julio ventura
+2
Que legal. Em Portugal existe a lei de proteção aos deficientes, depois há várias divisões, por exemplo um tetraplégico pode conduzir um automóvel adaptado , ( tudo o que se faz com os pés, eles estão preparados para que tudo esteja ao geito ddas mãos, tive uma colega que era de nascença surda muda, e no entanto tinha carta e conduzia o automóvel dela, e que eu saiba não tinha tido nenhum desastre, os automóveis para dificientes nos parques tem lugares próprios para estancionar, e tem que ter sempre um distico á frente no vidro D de deficiente.

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
Déia Dias

Déia Dias disse

+2
Que legal. autismo atinge mais a homens do que a mulheres, numa proporção de 4 para 1. Não há dados precisos sobre o número de pessoas com autismo no Brasil. O certo é que agora, uma lei sancionada entre o Natal e o Ano Novo garante aos autistas direitos que eles vinham buscando há muito tempo.

A lei equipara as pessoas com algum tipo de autismo àquelas com deficiência.

Os autistas terão direito a benefícios como a reserva de vagas em empresas com mais de 100 funcionários. Ter acesso à previdência social e à educação em escolas regulares, mesmo que seja necessária a presença de um acompanhante especializado. E atendimento preferencial em bancos e repartições públicas.

Os planos de saúde não poderão rejeitar a inclusão de pessoas com autismo.

Deusina foi presidente da Associação Brasileira de Autismo por dez anos. Para ela, a lei aumenta a visibilidade sobre o transtorno.

“Essa lei significa que a educação precisa se preparar para recebê-lo, a saúde precisa recebê-lo, a assistência social precisa recebê-lo nas suas necessidades”, afirmou Deusina Lopes, economista.

A mãe de Eduardo acredita que agora os pais terão menos dificuldades para criar os filhos autistas.

“São passos que daqui pra frente vai ser bem diferente pra outros pais, pra outras mães que vão vir, que não vão passar aquela angustia do desconhecido”, ressaltou Joarina Sales, mãe de Eduardo.

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
Déia Dias

Déia Dias disse

+2
Que legal. http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/01/lei-equipara-pessoas-com-algum-tipo-de-autismo-aquelas-com-deficiencia.html
Edição do dia 18/01/2013

18/01/2013 21h26 - Atualizado em 18/01/2013 21h55
Lei estende a pessoas com autismo benefícios daquelas com deficiência
Os autistas terão, por exemplo, direito a benefícios como a reserva de vagas em empresas com mais de 100 funcionários.
Uma lei nova no Brasil estendeu às pessoas com autismo os mesmos benefícios daquelas com deficiência.

A loja de artigos esportivos é o primeiro emprego de Eduardo Sales. Com autismo leve, corredor nas horas vagas, ele diz que gosta do trabalho que faz.

“Eu gosto de trabalhar, sei lá, me sinto meio útil”, disse Eduardo Sales, assistente de loja.

Segundo os especialistas, o autismo é um transtorno do desenvolvimento, que tem como características o padrão de comportamento repetitivo, a dificuldade de interação social e de comunicação verbal.

A psicóloga Ana Maria Bereohff diz que os sintomas do autismo podem começar no berço, quando o bebê não mostra interesse pela voz da mãe e não segue objetos com o olhar.

Não é uma deficiência, e sim, um transtorno. uma alteração do desenvolvimento da pessoa”, disse Ana Maria Bereohff, psicóloga.

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
João Augusto
+1
Quero saber mais. Muito bom

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
Déia Dias

Déia Dias disse

+2
Que legal. http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/01/nova-lei-assegura-protecao-direitos-de-autistas.html
Diagnóstico
O diagnóstico de autismo já é possível antes dos 3 anos de idade, desde que seja feito por um profissional experiente, segundo a psicóloga Emanuelle Leal. Em geral, as principais características de uma criança com essa condição são: dificuldades na interação social, comunicação tardia, palavras e movimentos repetitivos – que podem se manifestar em maior ou menor grau, dependendo do tipo de autismo.

A psicóloga recomenda que os pais com suspeitas levem o filho ao pediatra e, caso o profissional desconheça o problema, a criança seja encaminhada a um neuropediatra ou psiquiatra infantil. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, maiores são as chances de favorecer o desenvolvimento do paciente e diminuir problemas futuros.

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Mestre
Déia Dias

Déia Dias disse

+2
Que legal. De acordo com a Agência Câmara, no entanto, o texto foi sancionado com vetos que causaram polêmica entre representantes do setor. Foram retirados dois dispositivos que garantem atendimento especial a alunos que não puderem frequentar a rede regular de ensino, sempre em função das necessidades de cada estudante.

O argumento do governo é de que a exclusão dos alunos autistas das escolas regulares é contrária à Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, da qual o Brasil é signatário. Segundo o acordo, todas as pessoas com deficiência devem ter acesso aos ensinos primário e secundário inclusivos.

Outro veto derruba a previsão de horário de trabalho especial para funcionários públicos que sejam pais de pessoas com deficiência ou responsáveis por elas. Atualmente, já existe uma lei que prevê um regime de trabalho especial para os servidores públicos com deficiência, mas a extensão desse benefício aos familiares só poderia ocorrer após iniciativa do Executivo.

em 19 Jan, 2013 - Para responder identifique-se - Denunciar

Cadastre-se em Livra para participar, ou identifique-se se já é usuário.
Denunciar

Autor do Pick

Mestre
Déia Dias

Déia Dias

Mulher , Porto Alegre, RS

em 19 Jan, 2013

Gostou deste Pick?

+6

Compartilhar

URL
HTML
Close